Fernando de Noronha limita desembarque

Ao contrário de outros destinos turísticos na costa brasileira, o turismo de cruzeiro é limitado no arquipélago de Fernando de Noronha. Apenas um navio tem permissão para levar visitantes às ilhas e, mesmo assim, com número de passageiros reduzido.

Andrea Vialli, O Estado de S.Paulo

16 de maio de 2010 | 00h00

"O desembarque de passageiros em Noronha é limitado a 700 pessoas. Ainda assim, metade fica nas praias e a outra metade faz passeios de barco", diz Milton Sanches, diretor de cruzeiros da operadora CVC. Cruzeiros para a região também têm restrições em datas de grande visitação, como carnaval e ano novo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.