Festa de atropelados em Sorocaba não tinha alvará

A prefeitura de Sorocaba informou nesta segunda-feira, 07, que a festa rave frequentada pelos seis jovens que morreram atropelados domingo, na rodovia Raposo Tavares, não tinha alvará. De acordo com a prefeitura, uma lei municipal obriga que esse tipo de evento tenha autorização do município, o que não ocorreu.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

07 Abril 2014 | 20h01

A festa Neon Paint Party 2014 começou na noite de sábado e se estendeu até a manhã de domingo numa chácara alugada. De acordo com os proprietários do imóvel, o espaço foi alugado com a informação de que seria usado para uma festa de aniversário. Os responsáveis pela locação informaram que o local receberia até 150 pessoas, mas o público estimado na festa chegou a 1,5 mil pessoas. A festa foi divulgada maciçamente na internet e os ingressos foram vendidos a R$ 20, antecipados, e a R$ 30, na portaria. Os organizadores do evento não foram localizados.

Mais conteúdo sobre:
atropelamento morte Sorocaba alvará

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.