Festa de estudantes da USP termina em nova tragédia

O Corso da Tusca, tradicional festa de estudantes da USP de São Carlos, interior de São Paulo, terminou em nova tragédia na noite de ontem. O servente e estudante de um curso técnico de Química, Bruno Cristiano de Oliveira, de 22 anos, foi a segunda vítima fatal em menos de um ano. Ele foi atropelado no percurso por um caminhão que transportava cervejas que eram vendidas pelo caminho aos participantes.

RENATO ALVES, Agência Estado

16 de setembro de 2011 | 18h31

O acidente aconteceu por volta das 21 horas, na avenida Getúlio Vargas, perto da USP, durante o trajeto do Corso, trio elétrico que percorre as ruas com os universitários até a festa Tusca (Taça Universitária de São Carlos). No momento do acidente, 10 mil pessoas acompanhavam o Trio Elétrico pelas ruas da cidade. A festa teve início quinta-feira e termina no domingo à noite.

De acordo com as primeiras informações da polícia, Bruno poderia estar bêbado o que provocou sua queda entre os eixos das rodas do caminhão após levar um soco em uma briga. Para o delegado de Polícia Caio Gobatto, um irmão de Bruno é a principal testemunha já que estava com ele no momento do acidente. "Ele está em estado de choque e vamos esperar ele se acalmar para ouvir a sua versão", disse o delegado.

Para o assessor do Tusca, Samuel Prisco, não se pode condenar a organização do evento. "Os caminhão são usados em várias regiões do País. Nós pedimos para que as pessoas ser comportem mais. O Tusca é feito para que as pessoas saiam mais alegres do que chegaram. Não podemos culpar a organização. São pessoas que não souberam se comportar e entender que é uma festa para diversão".

Para a Polícia Militar a Tusca deu muito trabalho já no primeiro dia. Dezenas de ocorrência foram registradas, como motoristas que trafegavam pela via e pediram o auxilio da PM já que vários estudantes estavam embriagados educação infantil foi alvo do vandalismo de alguns estudantes caminhando pela avenida e também urinando pelo local. Na estação rodoviária de São Carlos o caos foi total

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.