Festival com 'maior concentração humana da Terra' começa na Índia

Kumbh Mela, realizado a cada 12 anos, deve reunir 10 milhões no 1º dia e até 100 milhões ao longo de seus 55 dias de duração;

BBC Brasil, BBC

14 de janeiro de 2013 | 08h57

Milhões de peregrinos hindus começaram a chegar nesta semana à cidade de Allahabad para o Kumbh Mela, um festival religioso que acontece a cada 12 anos.

O evento na confluência dos rios Ganges e Yamuna, iniciado nesta segunda-feira, é considerado a maior concentração humana na Terra.

Espera-se que até 10 milhões de pessoas passem pelo local até o fim do dia, e mais de 100 milhões são esperados nos 55 dias de festival.

O festival tem origem na mitologia hindu. Muitos acreditam que deuses e demônios fizeram uma guerra por um pote de néctar sagrado, que supostamente traria a imortalidade.

Quatro gotas do néctar teriam caído nas cidades de Allahabad, Nasik, Ujjain and Haridwar - os quatro locais que vêm há séculos abrigando o evento em turnos.

Salvação

Os hindus acreditam que um mergulho nos rios durante o festival é uma forma de eliminar os pecados e conseguir a salvação.

A parte mais visível do grandioso evento são os sahdus, os homens sagrados do hinduísmo.

Nus e cobertos em cinzas, eles são de longe os participantes mais fotografados e filmados do Kumbh Mela.

São também o centro de atração para todos os peregrinos.

O local do festival foi transformado em um grande acampamento, espalhado numa área de mais de 14 quilômetros quadrados.

O governo local gastou o equivalente a vários milhões de reais para prover a infraestrutura necessária, incluindo 35 mil banheiros e o deslocamento de 30 mil policiais. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.