Festival Sónar cancela edição brasileira

O festival espanhol de música eletrônica e contemporânea Sónar anunciou ontem o cancelamento de sua edição brasileira. O evento aconteceria nos dias 24 e 25 de maio deste ano, no Anhembi, com shows do grupo de hip-hop americano The Roots, do duo de synthpop Pet Shop Boys, do soulman indie Jamie Lidell, e dos DJs produtores Theo Parrish e Nicolas Jaar, entre outros.

O Estado de S.Paulo

19 de março de 2013 | 02h00

De acordo com nota divulgada pelas empresas Dream Factory e Advanced Music, que trabalhavam para realizar o festival, o motivo "está diretamente relacionado a dificuldades e à instabilidade no mercado de entretenimento no Brasil". Ingressos para a edição 2013 do festival ainda não estavam à venda. Fontes da organização comentaram que o Sónar teve dificuldades em conseguir patrocinadores neste ano.

No ano passado, o evento foi realizado no mesmo lugar para um público de 30 mil pessoas, em dois dias, que lotou o pavilhão de exposições do Anhembi com shows de Chromeo, Kraftwerk e Justice.

O festival dá preferência à música eletrônica contemporânea, embora tenha seus chamarizes pop, como Cee Lo Green. Sua sustentabilidade foi questionada em 2012 (a segunda vez, após 8 anos, do Sónar no Brasil), mas a receptividade do público garantiu uma nova edição neste ano. A edição de 20 anos do Sónar, em Barcelona, ocorre nos dias 13, 14 e 15 de junho. A edição japonesa, em Tokyo, ocorre nos dias 6 e 7 de abril. /ROBERTO NASCIMENTO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.