Filha de Oscar Niemeyer morre aos 82 anos no Rio

Anna estava internada desde o dia 1º de junho para tratar um enfisema pulmonar

Nathália Nhan - estadão.com.br,

06 de junho de 2012 | 18h02

Texto atualizado às 18h39.

SÃO PAULO - Anna Maria Niemeyer, filha única do arquiteto Oscar Niemeyer, morreu aos 82 anos na tarde desta quarta-feira, no Rio de Janeiro. Segundo o Hospital Samaritano, Anna estava internada desde o dia 1º de junho para tratar um enfisema pulmonar.

O corpo será enterrado no Cemitério de São João da Boa Vista, no bairro de Botafogo, zona sul do Rio. Oscar Niemeyer, de 104 anos, também esteve internado no mesmo hospital em maio deste ano vítima de pneumonia e desidratação.

Filha da primeira mulher de Niemeyer, Anita, com quem ele ficou casado desde 1928 até a morte dela, em 2004, Anna Maria era muito ligada ao pai - falavam-se ao telefone todos os dias e jantavam juntos com frequência.

Ela trabalhou com ele desde jovem, em vários projetos. Fez a decoração do interior dos palácios do Planalto e da Alvorada e do Congresso Nacional. Por conta disso, morou em Brasília desde a fundação da cidade, em 1960, até 1973.

Os dois desenvolveram juntos uma linha de móveis cujos exemplares foram parar em museus. Desde 1977 Anna Maria mantinha galeria de arte com seu nome, e representava no Rio artistas como Franz Weissmann e Luiz Alphonsus. Ela organizava exposições e fazia curadorias.

Tudo o que sabemos sobre:
mortefilhaNiemeyer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.