Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Filho de Amarildo é detido por desacato

Coordenadoria da UPP diz que Emerson da Silva atirou lixo em direção a policiais; familiares dizem que ele foi provocado

FÁBIO GRELLET, Agência Estado

24 Março 2014 | 23h05

Emerson Gomes da Silva, de 21 anos, um dos filhos do pedreiro Amarildo de Souza, que desapareceu em 14 de julho de 2013 e, segundo a Polícia Civil, foi morto por policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha, na zona sul do Rio, foi detido por volta das 7 horas desta segunda-feira, 24, após se envolver em uma discussão com PMs na própria Rocinha.

Segundo a Coordenadoria de Polícia Pacificadora, ele atirou lixo em direção a policiais que patrulhavam a Via Ápia, uma das principais ruas da Rocinha, e acabou levado para a 11ª DP (Rocinha) e autuado por desacato, desobediência, ameaça e injúria. O rapaz teria dito que mataria os policiais.

Familiares dizem que Emerson foi provocado por policiais e reagiu, e nesse momento foi acusado de desacato. O filho de Amarildo já foi se envolveu em outras discussões com policiais.

Mais conteúdo sobre:
AmarildoDesacato

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.