Filho de Bin Laden quer ser 'embaixador pela paz'

Em entrevista à BBC, Omar faz revelações sobre relação com o pai

BBC Brasil, BBC

11 de dezembro de 2007 | 06h50

Omar Bin Laden, filho de Osama Bin Laden, disse que quer se tornar um embaixador pela paz, acrescentando que seria o homem ideal para isso porque é a única pessoa no mundo que o pai ouviria. A declaração foi feita em uma entrevista para o canal de TV britânico BBC 1, que transmitirá, nesta terça-feira, um documentário sobre Omar, de 26 anos, e sua esposa inglesa, Jane Felix Browne. "Eu sinto por meu pai o mesmo que qualquer filho sentiria por seu pai", disse Omar, na primeira entrevista longa concedida por um parente próximo do líder da Al-Qaeda. "Eu o amo muito e peço a Deus que o salve e que lhe dê mais vida". Se ele estiver certo, espero que Deus fique ao lado dele. Se estiver errado, espero que Deus lhe aponte o caminho certo", acrescentou. Nascido na Arábia Saudita, Omar, quarto filho de Bin Laden, vive atualmente no Egito. Há um ano, casou-se com a terceira esposa, Jane, uma inglesa hoje com 52 anos. Jane, por sua vez, já foi casada cinco vezes e é avó. No documentário Mr & Mrs Bin Laden, Omar disse que foi membro da organização Al-Qaeda e que o próprio Bin Laden o ensinou a usar armas e maquinaria de guerra. Ele contou que deixou o Afeganistão um ano antes dos ataques de 11 de setembro e que não vê o pai desde então. "(Saí do Afeganistão) porque não posso lutar, não gosto dessas coisas, nunca matei ninguém em lugar nenhum do mundo", disse Omar em inglês rudimentar. Omar disse que se encontrasse o pai não pediria ou perguntaria nada. Ele disse que não quer saber se o pai está por trás dos ataques em Nova York em 2001. "Não me importa se ele fez ou não (os ataques de 11 de setembro)". Se encontrasse o pai, "apenas conversaria com ele, como qualquer filho conversaria com seu pai". Omar descreve com detalhes como é viver com o sobrenome Bin Laden. O documentário, do diretor Lynn Alleway, também dá bastante atenção ao relacionamento de Omar com a esposa, Felix Browne. Ele já tem um filho com uma de suas outras esposas, mas disse que gostaria de ter um bebê com Felix Browne. Por razões médicas, explicou que talvez tenha de encontrar uma mãe de aluguel ou possivelmente uma quarta esposa. Omar contou que quer passar o resto de sua vida em Moulton, no condado de Cheshire, na Inglaterra - onde nasceu a mulher. E que gostaria de conversar com Gordon Brown para ajudar a pôr fim à guerra no Iraque. A família Bin Laden é uma dinastia rica e poderosa, cujos negócios envolvem, entre outras áreas, a indústria da construção. As empresas da família têm muitos interesses comerciais no Ocidente e Osama Bin Laden foi deserdado por sua família há muitos anos.     Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
bin Laden

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.