Fiocruz estuda uso de Unha-de-Gato para tratar dengue

Pesquisadores utilizaram uma técnica inédita de cultivo das células de defesa do organismo

Fabiana Cimieri, de O Estado de S. Paulo,

02 de dezembro de 2008 | 12h03

Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) encontraram resultados promissores contra a dengue num estudo que utiliza a planta Uncaria tormentosa, conhecida popularmente como Unha-de-Gato. As pesquisadoras do Laboratório de Imunologia Viral do Instituto Oswaldo Cruz, Claire Kubelka e Sônia Reis, utilizaram uma técnica inédita de cultivo das células de defesa do organismo.     Veja também: Especial: O avanço da dengue Os resultados iniciais mostram que o princípio ativo da planta medicinal amazônica atua diretamente na produção de citocinas, proteínas ligadas à resposta inflamatória do organismo, reduzindo a chance de agravamento da dengue. "Esse é o primeiro passo para o desenvolvimento de um remédio natural contra a dengue", disse Claire. Atualmente, não existem medicamentos específicos para o tratamento da doença, que é baseado em manter os pacientes hidratados.

Tudo o que sabemos sobre:
saúdedengueFiocruz

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.