Fiscais mexicanos são mortos a tiros

Três fiscais ambientais mexicanos foram mortos a tiros no país quando tentavam verificar uma denúncia sobre a poluição causada por uma mina. Eles investigavam a questão de poluentes químicos de uma mina de metal na área do município de Valle de Bravo, uma região arborizada em torno de um lago a oeste da Cidade do México, na quinta-feira passada, quando foram dados como desaparecidos. Seus corpos foram encontrados em uma estrada na sexta-feira. "Eles perderam suas vidas no cumprimento do dever", disse o governo em um comunicado à imprensa. Duas das vítimas trabalhavam no gabinete do procurador-geral de proteção ambiental.

, O Estado de S.Paulo

23 de maio de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.