Fiscalização apreende pedras preciosas no RS

Uma carga de 24,8 toneladas de pedras preciosas e discos de madeira petrificada foi apreendida na última terça-feira, 18, no Porto de Rio Grande (RS). A ação foi feita pela Receita Federal.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

20 Outubro 2011 | 19h03

Segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que analisou a documentação do material, a empresa tentou exportar pedras brutas de esmeralda, cristal de rocha e ágatas, para a Alemanha. A carga estava sem comprovação de origem legal. Todo o material permanecerá apreendido por tempo indeterminado. A companhia responsável pela carga, localizada em Lajeado, compra pedras preciosas para exportação principalmente da região de Soledade. A empresa foi autuada em R$ 295 mil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.