Fiscalização em parque é semanal

A Fundação Florestal, órgão da Secretaria Estadual do Meio Ambiente que administra os parques, informou que praticamente todas as semanas são realizadas operações conjuntas da equipe de fiscalização do Petar com a Polícia Ambiental, com duração de 24 horas corridas. Segundo o órgão, o número de apreensões de palmito tem aumentado em função da maior fiscalização e desse trabalho conjunto. / J.M.T.

O Estado de S.Paulo

19 Maio 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.