Fittipaldi discute campanha de trânsito com Dilma

O bicampeão mundial de Fórmula 1, Emerson Fittipaldi, e o presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt, se reuniram na tarde desta quinta-feira com a presidente Dilma Rousseff para tratar de uma campanha mundial pela segurança no trânsito.

RAFAEL MORAES MOURA, Agência Estado

23 de agosto de 2012 | 18h09

"São muitos fatores que contribuem para a segurança no trânsito, inclusive a conscientização dos próprios motoristas", disse Fittipaldi a jornalistas, após a audiência com Dilma. "Já perdi 35 colegas, mesmo com medidas de segurança e equipamentos de proteção. O último acidente fatal que tivemos na Fórmula 1 foi a morte do Ayrton Senna."

Para Todt, a reunião serviu para "definir compromissos". Segundo ele, a presidente teria demonstrado interesse em apoiar a campanha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.