Fla não quer saber de polêmica

Líder acompanha à distância a briga entre Grêmio e Inter. 'Isso é assunto deles', diz Andrade

Bruno Lousada, RIO, O Estadao de S.Paulo

02 Dezembro 2009 | 00h00

No Flamengo, evitar polêmica é tão importante quanto treinar e descansar para a partida decisiva contra o Grêmio, domingo, no Maracanã. Por isso, a ordem no clube, a uma vitória de conquistar o título do Campeonato Brasileiro de 2009, é ignorar o duelo de bastidores entre Grêmio e Internacional. O time colorado, que está no segundo lugar da competição, ameaça a ir à Justiça caso o rival entregue o jogo para o time rubro-negro.

"Não podemos estar preocupados com isso e nem sequer nos envolver nessa história. É um assunto particular deles", comentou o técnico Andrade, com seu jeito sereno. Para ele, o Flamengo tem de pensar apenas em si e esquecer os outros, sem se importar se o Grêmio vem ou não com a força máxima para o Maracanã.

"É um jogo difícil. Vamos encontrar dificuldades e não podemos tropeçar. Temos que nos preparar para não haver surpresas", comentou Andrade. Bem humorado, o técnico admitiu que não cogitava a possibilidade de levar o Flamengo à Taça Libertadores quando assumiu o time, em julho. "Os resultados foram acontecendo. Corremos por fora e chegamos devagarinho, devagarinho."

A equipe do Flamengo se reapresentou ontem no Centro de Treinamento Ninho do Urubu, em Vargem Grande (zona oeste), e fez um treino leve. Longe do clima de oba-oba. Apenas um solitário torcedor gritou, muito à distância, que o Flamengo seria campeão brasileiro. A equipe deve finalizar sua preparação para o jogo decisivo na Granja Comary, em Teresópolis, casa da seleção brasileira.

Adriano apareceu, mas não foi a campo - recupera-se de uma queimadura no pé esquerdo, que o tirou da vitória contra o Corinthians, no domingo. Com o desfalque do zagueiro Álvaro, suspenso, Andrade não descartou armar um Flamengo mais ofensivo diante do Grêmio. Ele pode optar pela entrada do meia Fierro ou do atacante Gil para a vaga de Álvaro. Com isso, recuaria o volante Aírton para a zaga.

"De repente, vou pôr o time mais para cima. Precisamos nos impor sem, é claro, desarrumar atrás", destacou o treinador, confiante na conquista do título. "O Flamengo está preparado, prontinho."

Para Andrade, o time atual se assemelha ao da década de 1980, do qual fez parte, apenas nas questões táticas. "Só não tenho mais como escalar apenas um volante", brincou.

ÚLTIMOS INGRESSOS HOJE

A pedido da Polícia Militar, a Confederação Brasileira de Futebol liberou o Flamengo para antecipar a venda do que restou da cota de ingressos destinado ao Grêmio para hoje - a previsão inicial era amanhã. A partir das 7 horas, a bilheteria 8 do Maracanã abrirá para negociar as últimas 5 mil entradas para o duelo de domingo.

A polícia quer evitar um encontro entre os torcedores rubro-negros - que estão na fila desde a noite de segunda-feira - com os tricolores, que irão ao estádio hoje para acompanhar a final da Copa Sul-Americana, entre Fluminense e LDU.

O QUE CADA UM PRECISA

FLAMENGO

64 pontos

Derrotar o

Grêmio na última rodada, no

Maracanã

INTERNACIONAL

62 pontos

Vencer o Santo André, no Sul, e torcer para

o Fla não ganhar

PALMEIRAS

62 pontos

Vencer o Bota, torcer contra Fla, Inter e para o São

Paulo não golear

SÃO PAULO

62 pontos

Bater o Sport e torcer por tropeço de Fla, Inter e

Palmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.