Flanelinha morre baleado por policial civil no Rio

Um flanelinha morreu neste sábado e outro ficou ferido após serem baleados por um policial civil da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), na Avenida Ataulfo de Paiva, no Leblon, Zona Sul do Rio. A informação foi confirmada pela Divisão de Homicídios (DH) da Polícia Civil do Rio. O crime ocorreu na altura da tradicional Pizzaria Guanabara, ponto de referência no bairro.

EQUIPE AE, Agência Estado

23 de novembro de 2013 | 12h17

O flanelinha ferido, Adilson Peçanha, está internado no Hospital Miguel Couto. A gerência da Pizzaria Guanabara disse que o incidente ocorreu por volta de 5h30 deste sábado, mas não soube dar mais detalhes, pois todos os funcionários do turno da noite foram liberados até às 9h.

O episódio começou com uma briga entre os dois flanelinhas durante a abordagem de um motorista. O policial interveio e acabou atirando nas pernas dos guardadores após ser ameaçado por um deles com uma garrafa de vidro quebrada.

A vítima não foi identificada e teve seu corpo encaminhado para o Instituto Médico Legal do Rio. Policiais realizaram uma perícia preliminar no local.

Tudo o que sabemos sobre:
FLANELINHAPOLICIAL CIVILLEBLON

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.