Fluminense: duplo desafio contra o Vitória

Time tem de esquecer o tropeço na Sul-Americana e garantir três pontos para escapar do rebaixamento

, O Estadao de S.Paulo

28 de novembro de 2009 | 00h00

Superação é a palavra de ordem do Fluminense para o jogo de hoje, às 17 horas, contra o Vitória, no Maracanã. Cuca e os torcedores do time carioca não sabem como os jogadores vão reagir ao vexame de Quito, onde o Flu foi derrotado na quarta-feira por 5 a 1 para a LDU, pela final da Copa Sul-Americana. Além do aspecto psicológico, há ainda o desgaste do Tricolor, que chega ao final da temporada em duas competições.

A prioridade, porém, passou a ser a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro. Embora o discurso de Cuca e dos atletas pareça otimista, todos no clube sabem que ficou quase impossível reverter a vantagem da LDU na próxima quarta-feira. Por isso, o confronto de hoje com o Vitória é encarado como uma verdadeira decisão. Se o Flu ganhar, vai amanhecer amanhã fora da zona de descenso. O que já seria grande feito para um time que há algumas semanas ocupava a lanterna e era dado como praticamente rebaixado para a Série B. Já são cinco vitórias seguidas e nove jogos sem derrota no Brasileiro. Uma reação incrível.

A preocupação com o desgaste físico é tão grande que os titulares ficaram ontem na concentração do clube e não seguiram com o grupo para as Laranjeiras. A viagem de volta de Quito foi longa e o time perdeu toda a quinta-feira em aeroportos.

Cuca manteve a calma e se voltou mais para o lado emocional do grupo. Praticamente deixou de lado os treinos após o jogo com a LDU para conversar com os jogadores. No desembarque no Rio, apesar da derrota para a LDU, o Flu foi recebido com festa pelos torcedores. "Fiquei emocionado, nunca tinha participado de uma coisa como essa, aquele corredor de torcedores nos dando força", comentou o treinador. "Vamos lutar muito para que eles tenham orgulho da gente. Se escaparmos do rebaixamento, o mérito será mais da metade dessa torcida."

ATLÉTICO-PR X BOTAFOGO

A Arena da Baixada vai estar lotada, às 17 horas, para um "jogão" na luta contra o rebaixamento. O Botafogo depende apenas de si para se livrar da queda. O mesmo ocorre com o Atlético-PR. A promessa é de emoção e equilíbrio em Curitiba.

Embalado pela vitória sobre o São Paulo por 3 a 2, no último domingo, o time alvinegro ganhou confiança para buscar mais um bom resultado. "Não podemos errar", avisou o meia Lúcio Flávio, citando a derrota para o Barueri por 3 a 0, no dia 15, como exemplo.

O Atlético-PR vem de dois resultados ruins e sabe que precisa da reação nesta tarde para não depender da última rodada, contra o Barueri, fora de casa.

SANTO ANDRÉ X NÁUTICO

Santo André e Náutico se enfrentam, no ABC, com possibilidades remotas de se livrar do descenso. Um empate derruba os dois e mesmo a vitória dificilmente será suficiente para salvar qualquer um dos times.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.