Fluxo cambial fica positivo em US$165 mi na semana--BC

A entrada de dólares aumentou no Brasil na semana passada, fazendo o fluxo cambial ficar positivo em 165 milhões de dólares, mostrou nesta quarta-feira o Banco Central. Na semana anterior, o fluxo cambial havia ficado negativo em 1,003 bilhão, resultado que foi compensado pelos investimentos externos.

Reuters

22 de agosto de 2012 | 14h15

O BC informou ainda que, em agosto, até o dia 17, no entanto, o fluxo ainda ficou negativo em 1,011 bilhão de dólares.

Na semana passada, entre os dias 13 a 17, a conta financeira --por onde passam os investimentos estrangeiros em portfólio e diretos-- teve entrada líquida de 235 milhões de dólares, frente a uma saída líquida de 358 milhões de dólares da semana anterior. No mês, a conta está positiva em 59 milhões de dólares.

Já a conta comercial continuou registrando saída líquida, mas com menor intensidade. O saldo ficou negativo em 71 milhões de dólares no período, ante uma saída líquida de 644 milhões de dólares uma semana antes. No mês, o déficit é de 1,071 bilhão de dólares.

No mês passado, o fluxo cambial havia ainda encerrado positivo em 942 milhões de dólares.

No acumulado do ano, o fluxo cambial está positivo em 22,874 bilhões de dólares, uma redução significativa em relação à entrada líquida vista no mesmo período do ano passado, de 62,237 bilhões de dólares.

Desde maio, quando o fluxo começou a trazer sinais mais negativos e houve saída líquida de 2,691 bilhões de dólares, surgiu a avaliação de que, diante do cenário internacional conturbado e da perspectiva de crescimento menor da economia brasileira neste ano, a entrada de investimentos no país poderia ser afetada.

As dúvidas ainda persistem, já que o quadro externo continua gerando cautela. No entanto, há esperança de que bancos centrais possam agir para conter a crise da zona do euro, com a possibilidade de serem tomadas medidas de estímulo monetário. Com isso, o Brasil, como outros países emergentes, poderia atrair mais investimentos.

(Reportagem de Danielle Fonseca)

Mais conteúdo sobre:
FLUXOBACEN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.