Fogo provoca isolamento de prédio anexo do HC-RS

Um incêndio atacou um aparelho de ressonância magnética e forçou os bombeiros a isolarem um prédio anexo ao Hospital de Clínicas de Porto Alegre hoje. O equipamento, que custa cerca de US$ 800 mil, ficou destruído. Não houve feridos. Por volta das 10 horas, os funcionários perceberam um barulho estranho no aparelho, que logo depois começou a queimar. Acionada, a brigada de emergência retirou funcionários, médicos e pacientes que estavam no local, uma construção de dois andares ao lado do prédio de 13 andares do hospital. Os bombeiros chegaram em seguida. O fogo foi controlado antes do meio-dia. As causas ainda são desconhecidas. O atendimento ao público voltou ao normal no início da tarde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.