Divulgação
Divulgação

Foguete brasileiro é lançado em Alcântara com dez experimentos

Após retorno do veículo à Terra, duas horas depois do lançamento, equipe deu início à recuperação da carga, dispersa no mar

Francisco Carlos de Assis, O Estado de S.Paulo

13 de dezembro de 2010 | 00h00

O foguete de médio porte VSB-30 foi lançado ontem com sucesso do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no Maranhão. Desenvolvido por técnicos brasileiros, o veículo foi projetado para ter uma autonomia de voo de 250 quilômetros e carregar até 400 quilos.

Inicialmente, o lançamento estava previsto para as 10 horas de ontem (11 horas de Brasília), mas, segundo a assessoria de imprensa da CLA, o lançamento ocorreu às 12h30 (13h30 de Brasília) por questões técnicas.

Apesar de ter autonomia de voo de 250 km, o foguete brasileiro percorreu apenas 100 km de altitude, levando dez experimentos de universidades, institutos de pesquisas e alunos do ensino fundamental que integram os programas desenvolvidos pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE). O objetivo é realizar testes em ambiente de microgravidade, encontrados a partir dos 100 km de altura.

Por volta das 15 horas (de Brasília), depois do retorno do BSB-30 à Terra, foi iniciado o processo de recuperação da carga útil do foguete, onde estão os experimentos, que caiu no mar. O resgate está sendo feito com helicópteros da Aeronáutica.

Os resultados dos experimentos no ambiente de microgravidade serão conhecidos posteriormente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.