Foie de festa: multidão gourmet

Teve bandinha de música, badaladas de sinos, desfile em trajes típicos, missa celebrada pelo arcebispo e discurso do prefeito. Até aqui, uma festa do interior, de qualquer lugar pequeno. Mas bastava se aproximar de uma barraquinha de comida e bebida e as diferenças apareciam. Para comer, sanduíches de foie gras com figo (delicioso e enorme, 5) ou de magret de pato frito. E para beber, quantidades generosas dos excelentes brancos da região, Chardonnays bem minerais e os dois tipos de espumante autorizados na Appelation, Crémant e Blanquette de Limoux. A festa de rua, realizada sábado passado em Malras, pequena localidade equilibrada num morrinho, com suas poucas dezenas de ruas se esforçando para acomodar os 40 mil visitantes, comemorava a restauração da igreja. No dia seguinte, o leilão dos Toques et Clochers arrecadaria dinheiro para uma restauração futura.

O Estado de S.Paulo

09 Abril 2009 | 03h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.