Força Nacional autorizada a patrulhar fronteiras do Acre

O Ministério da Justiça autorizou o uso da Força Nacional de Segurança, em caráter episódico e planejado, na região fronteiriça do Estado do Acre. A atuação do grupo poderá ocorrer pelo prazo de 180 dias, podendo ser prorrogado.

SANDRA MANFRINI, Agência Estado

30 de setembro de 2013 | 08h33

Segundo portaria, publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira, 30, a Força Nacional ajudará os órgãos integrantes do Sistema de Segurança Pública do Estado nas atividades de fiscalização, inibição, prevenção, coibição e repressão dos crimes de contrabando, de tráfico de drogas e de armas na região fronteiriça do Estado do Acre.

A autorização foi motivada por pedido do governador do Estado do Acre, com o propósito de combater ilícitos penais de tráfico de drogas, armas e crimes transfronteiriços nas regiões fronteiriças com o Peru e a Bolívia.

Mais conteúdo sobre:
Força NacionalAcre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.