Força Nacional ficará em Roraima até o fim de 2014

A Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) ficará em Roraima, auxiliando ações de segurança pública no sistema prisional, pelo menos até o final deste ano. A determinação está presente em portaria do Ministério da Justiça publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, dia 5.

AYR ALISKI, Estadão Conteúdo

05 Novembro 2014 | 20h42

Ao justificar a decisão, o governo federal cita pedido do governador de Roraima, Francisco Rodrigues (PSB), "para atuação em ações de manutenção da ordem em estabelecimentos prisionais no Estado".

Houve uma rebelião na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo no final de outubro. Nessa prisão, que é a maior do Estado, detentos queimaram colchões. Por causa dos danos causados durante a rebelião, presos tiveram de ser transferidos.

A unidade passará por reforma e, durante esse período, homens da Força Nacional permanecerão em Roraima. Usualmente, o prazo de presença da FNSP é ampliado para além do período originalmente previsto, quando necessário.

Mais conteúdo sobre:
Força Nacional Roraima

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.