Forças de Assad bombardeiam bairro de Hama após confrontos

Tanques sírios bombardearam um bairro grande na cidade de Hama na quinta-feira após confrontos entre rebeldes do Exército Livre Sírio e forças leais ao presidente Bashar al-Assad, afirmaram fontes da oposição.

KHALED YACOUB OWEIS, REUTERS

22 Março 2012 | 07h45

O bombardeio destruiu casas e deixou um número desconhecido de vítimas no bairro de Arbaeen, região nordeste da cidade, que está na linha de frente da revolta popular contra Assad que já dura um ano, disseram.

Fontes da oposição acrescentaram que pelo menos 20 pessoas foram mortas em um ataque do Exército na cidade e em sua área rural nos últimos dois dias.

"Pelo menos 70...tanques se posicionaram ao redor de Hama há uma semana, reforçando a blindagem que já ocorria na cidade. O bombardeio tem se concentrado nos bairros residenciais de Mashaa, Hamidiya e Arbeen", disse um ativista da oposição, de Hama.

Uma mulher que fugiu do bairro central Hamidiya para a periferia da cidade disse que os ataques mataram 17 pessoas no distrito na quarta-feira, incluindo três mulheres e quatro crianças.

Mais conteúdo sobre:
SIRIAATAQUETANQUES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.