Forças federais ocuparão a Maré, afirma Cabral

O governador Sérgio Cabral anunciou nesta segunda-feira, 24, que forças federais ocuparão o Complexo da Maré, na zona norte. Ele solicitou à presidente Dilma Rousseff o emprego de Garantia de Lei e da Ordem (GLO), operação militar em área previamente estabelecida e com prazo limitado. "É um passo decisivo para política de avanço da segurança pública. É uma área estratégica do Rio de Janeiro, do ponto de vista de ir e vir, porque lá passam as linhas Vermelha e Amarela, a Avenida Brasil, está próxima do aeroporto internacional", afirmou o governador.

CLARISSA THOMÉ, Agência Estado

24 Março 2014 | 13h13

Cabral esteve reunido no Centro Integrado de Comando e Controle, no centro do Rio, com o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, o chefe do Estado-Maior conjunto das Forças Armadas, general de Exército, José Carlos de Nardi e a secretária nacional de Segurança Pública, Regina Miki, além de representantes das Polícias Civil, Militar, Federal, Rodoviária Federal. Os detalhes da GLO ainda estão sendo acordados.

Mais conteúdo sobre:
RioataqueForças ArmadasGLO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.