Forças sírias avançam em Douma enquanto moradores fogem

Forças do governo sírio entraram neste sábado em Douma, cidade próxima à capital Damasco depois de semanas de cerco e bombardeios. Moradores em fuga relatam que há corpos espalhados pelas ruas de Douma.

Reuters

30 de junho de 2012 | 10h18

Os moradores disseram que centenas de pessoas estão deixando a cidade enquanto as forças governamentais fazem uma varredura pelas ruas em buscas de rebeldes que tentam depor o presidente Bashar al-Assad.

Eles dizem haver muitos corpos sob escombros de casas na cidade, que tem meio milhão de habitantes e fica a 15 quilômetros de Damasco.

Não foi possível verificar de imediato a veracidade dos relatos, feitos no dia em que potências mundiais se reúnem em Genebra para tentar encontrar um meio de resolver o conflito na Síria, cada vez mais sangrento.

O morador Abdullah, de 50 anos, disse que deixou Douma com seus cinco filhos na manhã deste sábado.

“'Vi pelo menos três corpos na esquina de uma rua, algumas casas estavam destruídas, outras em chamas. Apenas poucas pessoas permanecem dentro da cidade. Aqueles que podem estão partindo', disse ele por telefone, falando de uma cidade próxima.

'“Vi um corpo numa rua e cachorros se juntando em volta dele. Foi horrível. Nós todos estamos vivendo como refugiados dentro de nosso país', acrescentou.

Abdullah partiu em um comboio de 200 moradores de seu bairro. Ele disse que oito pessoas se espremiam dentro de cada carro e contou ter passado por quatro postos de controle onde soldados plenamente equipados checaram suas identidades, e só então os deixaram passar.

Segundo ativistas, as forças sírias vêm usando táticas semelhantes no interior, recorrendo a longos cercos e bombardeios, antes de avançarem nas cidades.

'O levante armado contra Assad, que já dura 16 meses, se transformou em uma luta entre rebeldes e o governo, que qualifica os dissidentes armados e desarmados de “terroristas'.

Outros moradores também relataram que centenas de pessoas estão deixando Douma.

(Por Mariam Karouny e Oliver Holmes)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIADOUMAFUGA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.