Ford demitirá 1,6 mil na Grã-Bretanha e Alemanha

A unidade européia da Ford Motor anunciou que prosseguirá com seus esforços para reduzir custos e que, portanto, demitirá 1,6 mil funcionários na Grã-Bretanha e Alemanha durante o primeiro semestre. Dessa forma, a Ford prevê queda de US$ 450 milhões em seus custos em 2004 e de US$ 550 milhões no ano seguinte. Em conferência na Sociedade dos Analistas Automotivos, o presidente da Ford européia e diretor de operações Lewis Booth também confirmou previsões anteriores de que a unidade fechará esse ano com prejuízo líquido, antes das despesas com reestruturação, de entre US$ 100 milhões a US$ 200 milhões. Em 2003, a companhia obteve prejuízo de US$ 1,1 bilhão.

Agencia Estado,

02 de março de 2004 | 11h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.