Fortes deve visitar SC para verificar estragos da chuva

Ministro das Cidades vai ao Estado nos próximos dias, mas diz que pasta vai atuar em um segundo momento

Ricardo Leopoldo, da Agência Estado,

27 Novembro 2008 | 13h19

O ministro das Cidades, Márcio Fortes, afirmou que estará nos próximos dias em Santa Catarina para verificar os danos decorrentes das fortes chuvas que atingiram a região. "Estarei lá com equipes de quatro secretarias, Habitação, Saneamento, Programas Urbanos e Mobilidade, para um levantamento do que será necessário fazer para uma ação coordenada com o Estado de Santa Catarina e municípios", comentou.   Veja também: Santos organiza doações; saiba como ajudar Empresária pára fábrica e dá gerador a hospital Mais de 60 mil casas continuam sem luz Tragédia em Santa Catarina  Blog: envie seu relato sobre as chuvas  Veja galeria de fotos dos estragos em SC   Todas as notícias sobre as vítimas das chuvas     Fortes destacou que sua pasta atuará num segundo momento, após a adoção das medidas emergenciais, especialmente para recuperar as casas afetadas pelas chuvas, construir novas residências e tratar dos sistemas de saneamento.   O ministro ressaltou que terá como prioridade definir quais são as áreas que vão requerer a construção imediata de casas, pois, em algumas localidades, isso não é possível no momento, em razão dos estragos provocadas pelas enchentes. "Temos que deixar a água assentar, verificando os terrenos que serão disponibilizados pelos Estados e prefeituras a fim de definir os projetos".   As pessoas estão necessitando de água alimentos e abrigo e as pontes precisam ser recuperadas. Segundo o ministro, também serão analisados programas para a área de drenagem.   Também presente em evento na capital paulista, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, destacou que, dos R$ 1,6 bilhão liberados pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva por meio de medida provisória para medidas emergenciais, R$ 1 bilhão devem ser destinados somente para Santa Catarina.   Ele informou que o governo está fazendo um levantamento dos impactos das chuvas sobre o Estado "na medida do possível", pois salientou que há estradas sob as águas. Segundo ele, o governo estuda adotar um programa no curto prazo para recuperar as estradas vicinais de Santa Catarina, que vai requerer um trabalho em conjunto com o governo do Estado de Santa Catarina e vários municípios.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.