Fortes tremores provocam temor de tsunami no Índico

Pelo menos duas pessoas morreram após terremoto em Sumatra, na Indonésia.

BBC Brasil, BBC

12 de setembro de 2007 | 17h50

Um terremoto forte e diversos pequenos tremores atingiram nesta quarta-feira o oeste da ilha de Sumatra, na Indonésia, e provocaram temores de ocorrência de um tsunami na região.Pelo menos duas pessoas morreram e dezenas ficaram feridas, segundo as autoridades.Alertas para tsunami chegaram a ser emitidos por diversos países no Oceano Índico como Índia, Sri Lanka, Malásia e Quênia, mas a maior parte dos países já descartou a possibilidade de tsunami.O Centro de Alertas para Tsunamis do Pacífico emitiu um alerta para toda a região do Oceano Índico. De acordo com o órgão americano US Geological Survey, o tremor atingiu 8,4 pontos na escala Richter.O terremoto foi registrado às 18h10 (7h10 no horário de Brasília) de quarta-feira, com epicentro a cerca de 130 quilômetros da cidade de Bengkulu, que fica na costa sudoeste de Sumatra.Alguns prédios desabaram em Pandang, capital da província de Sumatra Ocidental, e na cidade de Mukomuko. Os hospitais entraram em alerta.Na capital da Indonésia, Jacarta, e em Cingapura, alguns prédios foram evacuados."Era possível ver a estrada ondulando, as pessoas mal conseguiam caminhar, por isso elas se deitavam no chão. Eu também consegui sentir o solo onde eu pisava se mexer como o mar", disse o jornalista indonésio Zulkifli Lubis à BBC.Autoridades disseram que estão com dificuldade de conseguir contato com a região para avaliar os estragos causados pelos tremores.Equipes de resgate estão sendo enviadas a partir de Jacarta, informa a correspondente da BBC na cidade, Lucy Williamson.Em dezembro de 2004, um forte terremoto submarino provocou um tsunami que matou mais de 220 mil pessoas na região.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
indonésiatsunamiterremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.