Fórum de autoridades locais deve reunir 200 cidades

Promovido pela primeira vez no Brasil, o Fórum Mundial de Autoridades Locais de Periferia (Falp) deve reunir cerca de mil participantes de 200 cidades dos cinco continentes em Canoas, na Grande Porto Alegre, entre esta terça-feira e quinta-feira, 13. Na terceira edição, o evento discutirá Direitos e Democracia para Metrópoles Solidárias e Sustentáveis e será encerrado com uma conferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Falp foi gestado no âmbito do Fórum Social Mundial (FSM) e já se reuniu em Nanterre, França, em 2006, e Getafe, Espanha, em 2010.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

11 de junho de 2013 | 17h32

Anfitrião deste ano, o prefeito de Canoas, Jairo Jorge (PT), diz que o evento não discute as grandes concentrações urbanas por uma visão radial (do centro para a periferia urbana), a partir da maior cidade, mas policêntrica. "Há questões que não são mais apenas de uma cidade, mas de uma região metropolitana, como recursos hídricos, coleta e tratamento de resíduos e tráfego, entre outras", destaca.

Ao fim do encontro deste ano, o Falp deve reunir uma espécie de "banco de experiências" com relatos de soluções encontradas em diferentes regiões, iniciar a montagem de um diagnóstico das regiões metropolitanas do mundo e estabelecer uma agenda compartilhada na qual relaciona órgãos financiadores e centros de estudos voltados às aglomerações urbanas.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórumsoluçõescidades periféricas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.