Fotos revelam a vida dramática de jovens presos nos EUA

Drogas, gravidez precoce, abandono e falta de apoio marcam a vida de delinquentes

BBC Brasil, BBC

27 de agosto de 2012 | 14h57

Jovens na prisão: Há seis anos, o fotógrafo americano Richard Ross vem registrando a rotina de mais de mil jovens menores de idade em mais de 200 instituições de detenção em 31 Estados americanos. Muitas instituições permitiram que o fotógrafo clicasse a intimidade dos jovens nas celas, a rotina nas salas de aula e os momentos de refeição, além de também poder entrevistar os internos. Os rostos dos adolescentes nunca são mostrados.

"Ao invés das críticas que os administradores sabiam que viriam em seguida, eles confiaram no potencial do projeto de levar mudanças para aqueles jovens. Por outro lado, uma significante parte está mais preocupada com a proteção da instituição do que das crianças", disse Ross à BBC Brasil. 

 

O projeto "Juvenile In Justice" foi transformado em um livro, que é vendido no do fotógrafo. Seu objetivo era chamar atenção para as vidas que levam estes jovens por trás das grades, muitos deles com sentenças pequenas e prestes a voltarem à sociedade.

De acordo com uma entidade americana de centros de detenção, o custo de se manter um jovem preso por nove a 12 meses pode chegar a de US$ 88 mil (cerca de R$ 180 mil). Na Califórnia, esse valor pode atingir US$ 225 mil (mais de R$ 450 mil).  

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.