AFP PHOTO/ ANATOLII STEPANOV
AFP PHOTO/ ANATOLII STEPANOV

França e Alemanha dizem que cessar-fogo na Ucrânia está sendo respeitado, apesar de incidentes

Rebeldes cercaram tropas ucranianas na cidade de Debaltseve

REUTERS

15 Fevereiro 2015 | 14h45

França e Alemanha disseram que o cessar-fogo no leste da Ucrânia estava sendo respeitado, no geral, apesar de alguns incidentes locais, que precisavam ser resolvidos rapidamente, de acordo com um comunicado da presidência francesa, no domingo.

O presidente francês, François Hollande, e a chanceler alemã, Angela Merkel, falaram com os presidentes da Rússia e da Ucrânia sobre o acordo alcançado em Minsk em 12 de fevereiro e concordaram em avançar para as próximas etapas previstas, disse o comunicado.

As armas foram silenciadas abruptamente à meia-noite em grande parte do leste da Ucrânia, conforme previa o acordo de cessar-fogo alcançado depois de uma semana de diplomacia liderada por França e Alemanha.

Mas os rebeldes pró-russos anunciaram que não cumpririam a trégua na cidade estratégica de Debaltseve, onde as forças do exército ucraniano foram cercadas.

(Reportagem de Michel Rose)

Mais conteúdo sobre:
MUNDOFRANCAALEMANHACESSARFOGO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.