Francesa Orange desculpa-se por blecaute de 9 horas em celulares

A Orange, da France Telecom, pediu desculpas aos usuários neste sábado e disse que iria indenizá-los depois de um blecaute nos celulares e na Internet que durou mais de nove horas e deixou milhões incapazes de se comunicar.

Reuters

07 de julho de 2012 | 15h30

O serviço de celulares ficou mudo no início da tarde de sexta-feira, deixando os 26 milhões de usuários da Orange na França incapazes de fazer e de receber chamadas, de consultar seus emails e de enviar ou receber textos de mensagens.

O serviço telefônico foi restaurado logo depois da meia-noite, enquanto os serviços baseados na Internet, como o email e o browsing, voltaram a ficar online três horas depois, disse a Orange em um comunicado.

"A Orange pede desculpas a todos os seus clientes pelas consequências desse grave incidente e está trabalhando para indenizá-los", disse.

Em uma coletiva de imprensa em Paris, o executivo-chefe da Orange, Stephane Richard, disse que os clientes de sua malha ganhariam um dia gratuito de comunicação, enquanto os que tivessem contratos ilimitados obteriam capacidade extra de download gratuito.

Enquanto os custos das medidas não estavam claros, Richard disse que não iriam sabotar o programa de redução de custos “Crisálida" da Orange.

"Felizmente, não estamos falando sobre nada parecido com a mesma escala em custos", disse Richard.

A Orange, que empregou centenas de engenheiros para investigar a origem do incidente "super raro", disse que o software para uma parte essencial de sua rede de celulares tinha parado de funcionar.

Os engenheiros “permaneceriam em alerta por todo o final de semana para monitorar a rede e o desenrolar da situação", dizia.

(Por Nicholas Vinocur)

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCATELEFONIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.