Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Frio causou a morte de 30 pessoas na Polônia, diz polícia

As baixas temperaturas já causaram a morte de 30 pessoas na Polônia em fevereiro, elevando para mais de 200 o número de mortos neste inverno no país, disse a polícia local na quinta-feira.

REUTERS

24 de fevereiro de 2011 | 15h46

Funcionários estão patrulhando lugares onde se concentram moradores de rua, distribuindo refeições quentes e fazendo apelos para que se dirijam a albergues públicos, num momento em que as temperaturas chegam a 20 graus negativos durante a noite.

"Nós registramos 30 desses casos... essas pessoas morreram de frio", disse o porta-voz da polícia Krzysztof Hajdas.

"Constatamos que houve 202 mortes por causa do frio congelante. A maioria morreu em dezembro, mês em que houve 130 mortes", disse ele.

Nas ruas de Varsóvia foram colocadas latas com carvão queimando para aquecer as pessoas paradas em pontos de ônibus. Em algumas partes do país os trens estão trafegando com atraso porque os trilhos congelaram.

(Reportagem de Samuel Harcourt)

Tudo o que sabemos sobre:
POLONIAFRIOMORTES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.