Fudandor da Microsoft se dedicará à filantropia

Há mais de trinta anos, ele deixou a prestigiada Universidade de Havard para investir em sua própria idéia. Nesta sexta-feira, Bill Gates deixa o posto principal da Microsoft para se dedicar unicamente à filantropia, e coordenará a fundação Bill e Melinda Gates. Leia mais no caderno Economia&Negócios de hoje. A saída de Gates da administração da Microsoft já estava prevista - o anúncio de sua decisão foi dado já no final de 2007. Apesar de sua retirada do cargo mais importante da empresa, ele continuará a coordenar projetos especiais e permanecerá como detentor de 8.7% das ações da empresa. Ainda que tenha apontado para a sua chamada "aposentadoria", Bill Gates permaneceu sob os holofotes do mundo da tecnologia por um bom tempo em 2008. Durante a abertura da maior feira de artigos eletrônicos do mundo, a Consumer Eletronics Show (CES), ele anunciou que o futoro da Microsoft vai além dos PCs. Ao final da apresentação, Gates exibiu um vídeo sobre o seu último dia na Microsoft. No filme, ele telefona para alguns famosos em busca de um emprego alternativo, como virar um astro de rock ou até político. Veja o vídeo aqui. Leia mais sobre a Microsoft e Bill Gates: Porque a Microsoft quer tanto comprar o Yahoo!? Microsoft versus União Européia BrOffice substitui bem o Office, da Microsoft Novo Windows terá tela sensível

27 Junho 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.