Fumaça preta sinaliza que novo papa ainda não foi escolhido

Fumaça preta saiu da chaminé da Capela Sistina nesta quarta-feira, sinalizando que os cardeais da Igreja Católica não elegeram um novo papa na primeira manhã completa de votação do conclave.

Reuters

13 de março de 2013 | 10h11

Os cardeais fizeram uma primeira votação na terça-feira e mais duas nesta quarta de manhã, com a fumaça preta indicando que ambas foram inconclusivas, para a decepção de milhares de fiéis na Praça de São Pedro que aguardavam a fumaça.

Outras duas rodadas de votação vão acontecer à tarde. Os 115 cardeais permanecerão confinados no Vaticano até que elejam o 266º pontífice da Igreja Católica.

Quando os cardeais chegarem a um acordo sobre o nome do novo pontífice, uma fumaça branca sairá da chaminé da capela e os sinos da Basílica de São Pedro vão soar.

Tudo o que sabemos sobre:
RELIGIACONCLAVEFUMACA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.