Fumo em local proibido terá multa de R$ 560 em São Paulo

Projeto foi sancionado na terça, pelo governador José Serra; multa vale para fumantes e estabelecimentos

Ana Luísa Westphalen, Agência Estado

21 de maio de 2008 | 12h48

O governador de São Paulo, José Serra, sancionou na terça-feira, 20, a lei estadual que prevê multa de aproximadamente R$ 560 para quem fumar nas áreas internas de repartições públicas, bancos, hospitais ou instituições de ensino. A punição de 37,59 Unidades Fiscais do Estado de São Paulo (UFESP) vale tanto para o fumante quanto para o estabelecimento em que aconteceu a infração. Os ambientes em que o fumo passa a ser proibido devem ter avisos em locais visíveis e de fácil identificação. A lei foi aprovada pela Assembléia Legislativa e entra em vigor a partir da data de publicação no Diário Oficial da União.

Tudo o que sabemos sobre:
José Serracigarrosfumoleimulta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.