Funcionário da ONU contaminado com Ebola é levado à França para tratamento

Um funcionário da Organização das Nações Unidas (ONU) infectado com o vírus Ebola foi levado para a França, vindo de Serra Leoa, para tratamento, informou o Ministério da Saúde francês em comunicado durante a noite.

REUTERS

02 Novembro 2014 | 09h28

O trabalhador da ONU, cujo nome e nacionalidade não foram divulgados, foi transportado para a França a bordo de um jato especialmente equipado e colocado em isolamento no hospital militar no subúrbio de Paris.

Esta é a segunda vítima de Ebola a receber tratamento na França desde o início da epidemia que assola a África Ocidental. Uma enfermeira francesa repatriada em setembro recuperou-se completamente do vírus, que já matou quase 5 mil pessoas.

O funcionário está sendo tratado a pedido da Organização Mundial de Saúde, informou o ministério, acrescentando que naquele momento não havia outros casos de Ebola confirmados na França.

Mais conteúdo sobre:
MUNDOEBOLAFRANCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.