Funcionário da ONU deixa hospital francês depois de se recuperar do Ebola

Um funcionário sanitarista da ONU recebeu alta de um hospital francês neste domingo e deixou o país depois de se recuperar do vírus Ebola, declarou o Ministério da Saúde francês em comunicado.

REUTERS

23 Novembro 2014 | 10h46

O funcionário da ONU, que não teve seu nome e nacionalidade divulgados, havia sido levado para a França, vindo de Serra Leoa e estava em isolamento no hospital militar Begin no subúrbio Saint-Mandé, a leste de Paris.

O número de mortos na epidemia do vírus Ebola subiu para 5.459 entre os 15.351 casos identificados em oito países, até 18 de novembro, disse a Organização Mundial de Saúde, na sexta-feira.

(Reportagem de Ingrid Melander)

Mais conteúdo sobre:
FRACA EBOLA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.