Funcionário dos Correios é suspeito de desviar produtos

Um funcionário dos Correios em Campinas, no interior paulista, é investigado por suspeita de desvio de mercadorias. O caso começou a ser apurado após a área de segurança dos Correios noticiar à Polícia Federal (PF) o desaparecimento de diversas mercadorias que deveriam passar pelo centro de distribuição. A própria empresa apontou um carteiro como possível responsável.

MARCELA GONSALVES, Agência Estado

30 Junho 2011 | 18h19

Hoje foi cumprido um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça Federal na residência do investigado. Foram apreendidas diversas mercadorias, incluindo notebooks, iPads, relógios, máquinas fotográficas, videogames, DVDs, HDs externos, jogos para computadores, cartões de memória, celulares, perfumes, além de outros materiais de informática e de perfumaria.

Segundo a PF, o investigado nega o desvio e afirma que todos os bens eram de uso pessoal seu e de seus familiares. Verificou-se, porém, que algumas das mercadorias apreendidas foram reclamadas pelos remetentes, que foram indenizados pelo desaparecimento dos produtos e pela não entrega ao destinatário. O suspeito vai responder ao processo em liberdade. Além das possíveis sanções administrativas, como a demissão a bem do serviço público, ele responderá pelo crime de peculato. As penas variam de 2 a 12 anos de reclusão, além de multa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.