Funcionários da Fundação Casa fecham rodovia em SP

Um grupo com 35 funcionários da Fundação Casa bloqueou a rodovia Senador José Ermírio de Moraes (SP-75), na manhã desta segunda-feira, 14, em Sorocaba, para reivindicar aumento salarial e melhores condições de trabalho. A via, que liga a rodovia Castelo Branco à Raposo Tavares e à área urbana de Sorocaba, teve a pista sentido Castelo interditada durante quase uma hora, a partir das 8h40. O congestionamento atingiu 3,5 quilômetros.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

14 Abril 2014 | 11h37

Depois da intervenção da Polícia Rodoviária Estadual, os grevistas concordaram em liberar uma faixa. Em seguida, a outra faixa também foi liberada e o grupo seguiu em caminhada até a frente da unidade de Sorocaba, no bairro Aparecidinha. Os servidores estão em greve desde a última quinta-feira. Eles reivindicam aumento de salário, plano de carreira e a contratação de mais funcionários. Também reclamam do excesso de lotação - a unidade de atendimento inicial, em Sorocaba, tem capacidade para 24 menores, mas abriga 65. A greve atinge mais de cem unidades em todo o Estado. A Fundação Casa informou que mantém negociações com os grevistas.

Mais conteúdo sobre:
Fundação CasaprotestoSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.