Funcionários da Infraero fazem protesto em Viracopos

Aeroportuários de Campinas se juntam a funcionários de Cumbica e reinvidicam melhores condições de trabalho

Tatiana Fávaro, do Estadão,

01 de novembro de 2007 | 18h30

Ao menos 150 funcionários da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) participaram de uma manifestação no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, a 95 quilômetros de São Paulo. Nesta quinta-feira, 1º, eles aderiram ao movimento que começou na quarta-feira no Aeroporto Internacional de São Paulo (Cumbica), em Guarulhos.   Segundo o diretor da subsede do Sindicato Nacional dos Aeroportuários em Campinas, Marco Antonio Bonaldo, o motivo da manifestação é a ameaça de a empresa não pagar o bônus de Natal (20 vales-refeição no valor de R$ 22) aos funcionários. Em Campinas a Infraero tem cerca de mil empregados, segundo ele."Em São Paulo, a reivindicação também diz respeito a horas extras, já que há funcionários dobrando turnos. Em Campinas não temos esse problema", afirmou Bonaldo. A manifestação ocorreu de manhã, não houve tumulto nem interferência no acesso de passageiros, o que permitiu o funcionamento normal do aeroporto.   Dos 150 participantes da manifestação, 40 eram funcionários do aeroporto de Guarulhos. Os manifestantes passaram pela administração da Infraero e pelo terminal de cargas. Na próxima terça-feira, os funcionários farão uma assembléia para definir se acompanham a decisão dos aeroportuários de São Paulo, que ameaçam entrar em greve no mesmo dia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.