Funcionários da Petrobras se recusam a voar com a BHS

A recusa dos funcionários é por causa do trágico acidente com um helicóptero da empresa que matou quatro

Clarissa Thomé, O Estado de S. Paulo

29 Fevereiro 2008 | 12h10

Funcionários da Petrobras recusaram-se nesta sexta-feira, 29, a embarcar num helicóptero da BHS na plataforma P-08, na Bacia de Campos, informou a Federação Única dos Petroleiros (FUP) esta manhã. Foi a primeira vez que os funcionários fizeram uso do direito de recusa, cláusula criada no acordo coletivo da categoria para o caso de os operários se sentirem em risco.O helicóptero é da mesma empresa responsável pelo aparelho que caiu no mar na última terça-feira, matando quatro pessoas. Outros dois acidentes, em 2003 e 2004, com 11 mortos no total, também ocorreram com helicópteros da BHS. Os sindicalistas dizem que os funcionários só voltam a voar pela empresa depois de apuradas e divulgadas as causas do acidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.