Funcionários da Sabesp entram em greve por reajuste

Os funcionários da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) decidiram entrar em greve hoje. O Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Estado de São Paulo (Sintaema) pede reajuste salarial de 7,33%, a volta do adicional por tempo de serviço (ATS) e 100% de garantia no emprego. A empresa ofereceu aumento 6,39% sobre os salários e benefícios. A Sabesp afirmou que o abastecimento de água e os reparos de emergência estão sendo feitos normalmente. A companhia não soube informar qual o número de trabalhadores que aderiram a greve.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

01 Junho 2011 | 10h33

Hoje também houve greve parcial dos ferroviários na capital e na Grande São Paulo e a paralisação do transporte rodoviário do Grande ABC. Cerca de 400 mil passageiros da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) estão sendo prejudicados, de acordo com a própria CPTM.

Os passageiros de ônibus da região do Grande ABC também enfrentam problemas. Uma greve de ônibus atinge sete cidades desde a zero hora. Com isso, não estão circulando coletivos municipais e intermunicipais em Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

Mais conteúdo sobre:
greve Sabesp reajuste SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.