Funcionários da Saúde no Piauí fazem greve por reajuste

Os servidores públicos da Saúde estão paralisados desde quarta-feira, 11, no Piauí. A categoria deflagrou a greve porque reivindica reajuste dos salários, que estão congelados há três anos. O Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde do Piauí (Sindespi) pede reajuste equivalente a 5% por ano.

MARCELA GONSALVES, Agência Estado

12 de maio de 2011 | 17h15

Segundo a presidente do Sindespi, Elisabete Duarte, há funcionários paralisados na capital e em alguns municípios do Estado. Houve redução de 50% do efetivo nos hospitais, e o objetivo é reduzir até o mínimo de 30% durante os próximos dias. O governo ainda não havia se manifestado em relação às reivindicações até hoje.

Tudo o que sabemos sobre:
saúdegrevePiauíreajuste

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.