Funcionários da USP fazem protesto em frente à reitoria

Funcionários terceirizados da área da limpeza e da reitoria realizam um protesto na manhã de hoje em frente à reitoria da Universidade de São Paulo (USP), na cidade universitária no Butantã, na capital paulista. Segundo o Sindicato de Trabalhadores da USP (Sintusp), a manifestação fecha a entrada do prédio.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

14 de abril de 2011 | 10h57

Os funcionários da reitoria fazem o protesto contra a saída de alguns deles para escritórios fora do câmpus. Hoje, eles vão realizar uma assembleia para discutir se haverá greve. Já os funcionários terceirizados, paralisados desde a semana passada, exigem o pagamento de seus salários. Cerca de 300 trabalhadores da empresa União, que presta serviços de limpeza na USP, estão no local.

Mais conteúdo sobre:
protestoUSPreitoriaSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.