Funcionários decidem parar

SÃO PAULO

, O Estado de S.Paulo

08 de abril de 2010 | 00h00

Ontem, após realizar assembleia, o sindicato dos trabalhadores de saúde do Estado de São Paulo prometeu realizar paralisações pontuais e protestos em unidades de saúde paulistas, a partir de maio. A categoria protesta contra decisão do governo de criar bônus para funcionários de unidades que atingirem metas, além de reivindicar aumento salarial. Para a entidade, deficiências nas unidades não dão condições para as exigências. O governo considera que as metas melhorarão o atendimento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.