Furto deixa parte de cidade sem água no Paraná

O furto de equipamentos da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) deixou sem água durante o dia de hoje pelo menos 6,2 mil dos 9,5 mil moradores de Bocaiúva do Sul, na região metropolitana de Curitiba. Eles são atendidos pelas 1.800 linhas de fornecimento da empresa. Segundo a Sanepar, a situação somente será normalizada amanhã. Creches e escolas foram atendidas por caminhões-pipa.Os ladrões conseguiram furtar, durante a madrugada, o transformador de energia que ficava em um poste em frente à subestação da Sanepar. A empresa precisa da energia para bombear a água do subsolo e distribuí-la para as casas e para o reservatório. Também foram levadas a fiação e a bomba dosadora de cloro. Segundo a assessoria da Sanepar, vários equipamentos ainda foram destruídos para a retirada de cobre, que é vendido de forma clandestina. A polícia investiga o furto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.