Futuro parece promissor para o Hubble

Os sinais parecem bons para o Telescópio Espacial Hubble, que já esteve praticamente condenado, por conta de preocupações com a segurança dos astronautas que terão de ser enviados ao espaço para manter o equipamento funcionando. Depois de uma reunião de três horas na tarde desta sexta-feira, representantes da Nasa marcaram um anúncio oficial sobre o destino do telescópio para a próxima terça-feira.Embora não haja uma palavra oficial sobre a decisão tomada na reunião, a Nasa enviou um convite chamando jornalistas para um evento de gala no Centro Espacial Goddard - responsável pela supervisão do telescópio. O convite diz que a cerimônia inclui "uma entrevista coletiva com os astronautas que executarão a missão", se a decisão for de salvar o Hubble.A questão diante da Nasa envolve a segurança do ônibus espacial: se a nave sofrer danos durante uma missão à Estação Espacial Internacional (ISS), os astronautas têm a opção de buscar refúgio e aguardar resgate a bordo da própria ISS. No caso de uma missão ao Hubble, não existe refúgio possível em caso de problemas.O astrônomo Jay Gallagher, membro da equipe responsável por uma das câmeras do telescópio, disse esperar o anúncio de que a missão de manutenção será realizada, a despeito dos riscos. "Acho que decidiram pelo sim", disse Gallagher. "Tenho esperança de que é isso que vai acontecer".

Agencia Estado,

27 de outubro de 2006 | 18h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.