Gaddafi está provavelmente ferido, diz chanceler italiano

O líder líbio, Muammar Gaddafi, muito provavelmente deixou a capital Trípoli e quase certamente foi ferido, disse o ministro italiano das Relações Exteriores, Franco Frattini, nesta sexta-feira.

REUTERS

13 de maio de 2011 | 12h24

Frattini disse a jornalistas na Toscana que acredita no que o bispo católico de Trípoli, Giovanni Innocenzo Martinelli, lhe disse, que "Gaddafi muito provavelmente está fora de Trípoli e provavelmente ferido" pelos ataques aéreos da Otan.

(Reportagem de Paolo Biondi)

Tudo o que sabemos sobre:
ITALIAGADDAFIFERIDO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.