Gafisa tem queda de 4% em vendas contratadas no 1o tri

As vendas contratadas da construtora e incorporadora Gafisa caíram 4 por cento no primeiro trimestre em relação ao mesmo período do ano passado, para 822 milhões de reais, informou a companhia nesta quinta-feira.

REUTERS

14 de abril de 2011 | 10h23

Segundo a companhia, das vendas contratadas, o segmento Gafisa passou no período de 376 milhões para 424 milhões de reais. Alphaville evoluiu de 117 para 171 milhões de reais. Já o segmento voltado à baixa renda Tenda, apresentou retração de 365 milhões para 228 milhões de reais.

Os lançamentos atingiram 513 milhões de reais no trimestre passado, recuo de 27 por cento em comparação com os três primeiros meses de 2010.

A maior queda de lançamentos ocorreu na Tenda, que passou de 297 milhões de reais no primeiro trimestre de 2010 para 102 milhões de janeiro a março deste ano. A área Alphaville ampliou os lançamentos de 97 para 182 milhões de reais e o segmento Gafisa apresentou baixa de 309 para 228 milhões de reais no período.

O segmento Gafisa foi responsável por 45 por cento dos lançamentos, enquanto Tenda e AlphaVille representaram 20 e 35 por cento, respectivamente.

As ações da companhia caíam 1,16 por cento nos primeiros negócios na BM&FBovespa, enquanto o Ibovespa operava com oscilação positiva de 0,1 por cento.

Na quarta-feira, a Rossi anunciou alta de 20 por cento na vendas contratadas no primeiro trimestre, para 1,01 bilhão de reais. No início da semana, a incorporadora PDG Realty divulgou alta anual de 26 por cento, para 1,7 bilhão de reais, enquanto a Brookfield Incorporações registrou crescimento de 14 por cento, a 638 milhões de reais.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Mais conteúdo sobre:
CONSTRUCAOGAFISAVENDAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.